domingo, 21 de agosto de 2011

Limpa Brasília!


Agora de manhã fiz uma coisa que gostaria de ter feito há muito tempo. Catei todo o lixo que havia na frente da minha casa. Explico. Hoje, 21 de agosto, é do dia do Limpa Brasil aqui em Brasília. Impulsionada pelo projeto, que instiga as pessoas a saírem de suas casas hoje e catar o lixo de suas comunidades e entregá-lo em um posto de entrega, dediquei uma hora do meu domingo de manhã a esta tarefa.

Eu cheguei a me inscrever no site, como voluntária, para depositar o lixo recolhido e tal. Mas talvez a minha contribuição seja silenciosa mesmo. Bem, não para vocês! Não me afastei quase nada do meu apartamento. Moramos em uma quadra das quatrocentos, quem conhece sabe como é. Os prédios são baixinhos, de no máximo, 3 andares, em sua maioria com pilotis. Moramos no primeiro andar e temos uma vista bem agradável, do jardim do prédio, com um bougainville gigante e jasmim. Tem uma cerca viva que separa o jardim "da rua", por assim dizer, já que do outro lado é a calçada pública.

A uns quarentas metros da minha janela, tem uma árvore do cerrado bem grande, com um banco debaixo e uma lixeirinha logo em frente. Seria um lugar agradável, não fosse o constante lixo, fruto do que se consome lá. Gente de todo tipo se reúne para fofocar, jogar conversa fora, beber e fumar! Imaginem a quantidade de garrafas de cerveja (inclusive quebradas) que recolhi. Carteiras de cigarros, sacos plásticos , papéis e papelicos, copos de plástico e embalagens do McDonald's também encheram meus três sacos de lixo de 50 litros cada.

Uma avenida de grande movimento fica aqui perto, com um ponto de ônibus, o que faz com que um grande volume de pessoas passe aqui na frente e, consequentemente, jogue o seu lixinho pessoal aqui. A iniciativa do projeto é a conscientização para o fato de que os brasileiros, em sua maioria, continuam jogando lixo (e muito) nas ruas. Com certeza, Brasília não é a cidade mais suja do país, principalmente porque no Plano Piloto, pelo menos, há garis nas ruas diariamente recolhendo a sujeira da galera! Mesmo assim, é incrível a quantidade de lixo que se joga na rua...

Agora mesmo estou olhando pela minha janela e notei que já tem uma galerinha naquele ponto que acabei de mencionar e me pergunto se eles vão notar que está limpo! Também queria saber se outras pessoas notarão e quanto tempo vai levar para ficar como estava... Mas afinal de contas, o que importa?

Eu fui catando e pensando com os meus botões como sou dada a trabalhos aos quais as pessoas geralmente não querem fazer, não notam que são feitos e muito menos os valorizam. Que trabalheira esse de catar os lixos dos outros! Viva os catadores de lixo!

3 comentários:

  1. ai, maíra, você é uma linda! fã demais! x

    ResponderExcluir
  2. Até parece, Josi! Tava lá catando e pensando em vc tmbm1... Tenho certeza que vc teria vindo comigo se tivéssemos combinado!...
    bjão, querida!

    ResponderExcluir
  3. Viva!
    Esse trabalho é pouco valorizado.
    Sabe, eu acho quecas as pessoas reclamam demais e fazem de menos. Elas conseguem observar mais o que está sujo do que o que foi limpo.
    Grande Maíra.
    Xero

    ResponderExcluir

Olá! Grata pela visita.

Se quiser deixar um comentário, sinta-se à vontade. Se não quiser, sou grata mesmo assim.

Até mais!